Tratamento de Canal - Endodontia - Alex Barreira - Odontologia | Dentista | Cirurgião | Brás | Pinheiros

Endodontia - SALVANDO DENTES

Quem é o Endodontista?


Endodontista é um cirurgião dentista especializado que recebeu treinamento, com cerca de dois anos de duração, posterior à graduação em curso certificado pelo Conselho Federal e Regional de Odontologia. Este curso o habilita a:

  • Lidar com doenças pulpares e estruturas adjacentes;
  • Diagnosticar dores orofaciais de difícil diagnóstico e estruturas relacionadas.
  • O dentista clínico geral, algumas vezes, tem a necessidade de indicar ao endodontista, devido à necessidade de realização de diagnósticos complexos ou quando os tratamentos endodônticos são mais complicados que o habitual.
Tratamento de Canal

O que é o Tratamento Endodôntico ou “tratamento de canal“?


Para compreendermos melhor o tratamento endodôntico, algumas noções de anatomia dental são necessárias: o dente é composto por camadas, sendo a mais externa o esmalte, que é suportado pela dentina que contém em seu interior a polpa dental, também conhecida como “nervo”.

Basicamente, o tratamento endodôntico (tratamento de canal) se resume numa completa eliminação do tecido pulpar (nervo) de dentro do canal radicular e posterior obturação. Ele pode ainda ser realizado em casos de traumatismos dentais, infecções ou por necessidades restauradoras.

Tudo isso é feito rapidamente e SEM DOR; podendo ser realizado em apenas uma consulta. O tratamento endodôntico já foi motivo de muito medo. Atualmente, com técnicas modernas, novos aparelhos e tecnologias, tornouse uma simples intervenção odontológica.


Por que um tratamento endodôntico é necessário?

O tratamento endodôntico é necessário para alívio de dor em dentes inflamados e/ou promover desinfecção do canal, a fim de evitar um foco infeccioso. Também pode ser necessário para confecção de próteses. A infecção ou inflamação ocorrem por diversos motivos, dentre eles, cáries profundas, procedimentos dentais repetidos, trincas, traumas dentais diversos.

O tratamento inadequado podem causar desconforto e abscessos.


Devo sentir dor durante o Tratamento Endodôntico? Não, absolutamente não.

Com a introdução de técnicas anestésicas modernas, anestésicos mais potentes, o tratamento torna-se indolor. Atualmente, o tratamento endodôntico deve ser considerado um procedimento dental de rotina.


Meu dente vai doer após o tratamento endodôntico?

Todo tratamento endodôntico (tratamento de canal) provoca um pequeno desconforto após a sua realização, isto é normal.

Este pequeno desconforto deverá passar em poucos dias e um simples analgésico irá resolver o problema. Em alguns casos, os pacientes apresentam uma relativa ou grande dor pós-operatória (segundo as mais recentes pesquisas, apenas 1 a 3% dos pacientes tratados). Nestes casos, entre imediatamente em contato com o Dr. Alex Barreira e sua equipe.


O que fazer após o Tratamento Endodôntico?

Foi realizada apenas a primeira etapa do seu tratamento, portanto, uma consulta deve ser marcada imediatamente com seu dentista, pois pesquisas recentes demonstram que bactérias da saliva e da boca podem causar contaminação do canal recém-tratado, caso este não receba uma restauração adequada